Home > Educação > 10 bairros onde crianças passam mais tempo na fila da creche em SP

10 bairros onde crianças passam mais tempo na fila da creche em SP

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp
10 distritos onde crianças passam mais tempo na fila da creche em SP

Sala de aula do CEI (Centro de Educação Infantil) Educador Paulo Freire, na Vila Medeiros, zona norte de São Paulo. Foto: César Ogata/SECOM (16/06/2015)

Em Pedreira, distrito da zona sul de São Paulo, uma criança passa, em média, 668 dias à espera de uma vaga em um CEI (Centro de Educação Infantil) da prefeitura. A região lidera o ranking de tempo médio na fila da creche em toda a cidade.

A segunda colocação é ocupada por Cidade Ademar, também na zona sul, com tempo médio de 483 dias. Em seguida, na terceira posição, aparece o Itaim Bibi, área nobre na zona oeste, com 471 dias.

É o que aponta levantamento inédito feito pelo Fiquem Sabendo com base em dados da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

De acordo com as informações disponibilizadas pela gestão do prefeito Fernando Haddad (PT), metade dos dez distritos onde as crianças de zero a três anos passam mais tempo na fila da creche fica na zona sul _a maioria, bairros da periferia, como Jardim Ângela e Campo Limpo (veja no quatro abaixo).

10 distritos onde crianças passam mais tempo na fila da creche em SP

Raio-X da fila da creche

Quanto menor a faixa etária, maior é a quantidade de crianças fora da creche na capital paulista.

No grupo de crianças de até um ano e oito meses, há atualmente 53.234 crianças à espera da abertura de vagas em unidades de ensino da prefeitura.

Já no de crianças nascidas entre abril e dezembro de 2014, há 36.740 crianças fora da escola (veja no infográfico quadro abaixo).

info-fila-da-creche

Fila da creche é um dos principais ‘nós’ da educação básica em SP

A existência de dezenas de milhares crianças de até três anos e 11 meses fora da escola é um dos nós da educação básica que sucessivos prefeitos da cidade de São Paulo, historicamente, se comprometem a desatar, mas não conseguem.

A exemplo de Gilberto Kassab (PSD), seu antecessor no cargo, Fernando Haddad (PT) prometeu, em campanha, zerar a fila da creche. Neste ano (a um ano e três meses do fim de seu mandato), a sua administração mudou o discurso e passou a prometer gerar o maior número possível de vagas na educação infantil.

Na avaliação de especialistas, a fila da creche representa dois problemas: ela compromete o desenvolvimento das crianças, que são privadas de frequentarem a escola nos seus primeiros anos de vida, e, ao mesmo tempo, impede que mães _sobretudo aquelas de baixa renda, moradoras dos bairros periféricos da capital paulista_ entrem ou retornem ao mercado de trabalho após o período de amamentação.

Por que isso é importante?

O direito à educação é um dos direitos sociais previstos no art. 6º da Constituição Federal de 1988.

Segundo o art. 205, também da Constituição Federal, a educação “é um direito de todos e dever do Estado e da família” e “será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Comentários

comentários

Você também poderá gostar
Passados 4 anos, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias
Quatro anos depois, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias de SP
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em 0,79% investimento para conter vazamentos
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em apenas 0,79% investimento para conter vazamentos
Corrupção motivou 0,19% das prisões no Estado de São Paulo
Corrupção é motivo de 0,19% das prisões no Estado de São Paulo
Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em semáforos desde a sua posse
Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em faróis desde a sua posse