Home > Gastos Públicos > Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em faróis desde a sua posse

Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em faróis desde a sua posse

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp
Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em semáforos desde a sua posse

O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB). Foto: Cesar Ogata/SECOM (30/03/2017)

Os dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) sobre panes em semáforos mais atualizados são de novembro de 2016. Foi o que a gestão João Doria (PSDB) informou nesta quarta-feira em resposta a um questionamento feito pelo Fiquem Sabendo no dia 27 de fevereiro com base na Lei de Acesso à Informação.

A CET afirmou no 30º e último dia do prazo previsto pela Lei de Acesso para responder que não possui dados sobre falhas em faróis da capital paulista de dezembro de 2016 (último mês da gestão Fernando Haddad) para cá.

Nesse pedido, a reportagem solicitou dados mensais sobre a quantidade de panes em semáforos no período entre janeiro de 2013 a fevereiro de 2017.

Durante a gestão Fernando Haddad, a reportagem fez 12 pedidos semelhantes a esse _cada um se referia a um período diferente. Onze deles foram respondidos sem a necessidade de interposição de recurso. No outro, a resposta foi enviada em resposta a um recurso em primeira instância.

Com base nessas informações, o Fiquem Sabendo publicou seis reportagens diferentes sobre o assunto. Em todas elas, mostrou a evolução da quantidade de panes por período.

A primeira reportagem foi publicada no dia 26 de maio de 2015, data em que o Fiquem Sabendo entrou no ar. Nela, além de mapearmos os dez cruzamentos da cidade com mais panes registradas naquela época, informamos que um dos motivos do nosso acompanhamento era que a reforma dos faróis de um total de 4.800 cruzamentos da capital paulista, custaria R$ 220 milhões. São Paulo possui cerca de 6.000 cruzamentos com semáforos instalados. Esse contrato se encerrou no fim do ano passado.

Agora, dada a recusa da gestão João Doria em divulgar esse tipo de informação, o Fiquem Sabendo não consegue dar continuidade a seu trabalho de verificação do ritmo atual de panes nos semáforos da cidade.

Informações defasadas

Levando-se em conta que, em pleno dia 31 de março, a gestão João Doria diz possuir como dados mais atualizados as panes de novembro de 2016, isso significa uma defasagem de ao menos 90 dias (de 1º de dezembro a 28 de fevereiro) sem informação desse indicador.

Em um dos 12 pedidos respondidos pela gestão anterior, a prefeitura informou, no dia 6 de junho de 2016, os dados referentes até o mês de abril. Ou seja: 37 dias depois, todas as informações sobre o assunto então solicitadas já estavam disponíveis à divulgação.

A reportagem interpôs recurso para que a gestão João Doria reveja a sua posição e divulgue, finalmente, os dados solicitados. O prazo para que o pedido seja atendido se encerra no dia 5 de abril.

Comentários

comentários

Você também poderá gostar
Acidentes nas marginais crescem 23% em maio
Acidentes de trânsito nas marginais crescem 23% em maio
Passados 4 anos, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias
Quatro anos depois, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias de SP
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em 0,79% investimento para conter vazamentos
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em apenas 0,79% investimento para conter vazamentos
Corrupção motivou 0,19% das prisões no Estado de São Paulo
Corrupção é motivo de 0,19% das prisões no Estado de São Paulo