Home > Segurança > Roubos de bicicletas dobram em São Paulo em 2 anos; Pinheiros lidera estatística

Roubos de bicicletas dobram em São Paulo em 2 anos; Pinheiros lidera estatística

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+ WhatsApp
Roubos de bicicletas mais do que dobram em SP em 2 anos; Pinheiros lidera estatística

Trecho da ciclovia da rua João Moura, na região da Vila Madalena, zona oeste de São Paulo. Foto: Léo Arcoverde/Fiquem Sabendo

O número de bicicletas roubadas na cidade de São Paulo mais do que dobrou entre janeiro e fevereiro deste na comparação com o primeiro bimestre de 2015. Em dois anos, quantidade de assaltos registrados por ciclistas saltou de 45 para 94. É o que aponta levantamento inédito feito pelo Fiquem Sabendo com base em dados da SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública), do governo Geraldo Alckmin (PSDB), obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

De acordo com os dados oficiais, no primeiro bimestre de 2016, 63 roubos de bicicletas foram contabilizados pela Polícia Civil.

Somados os casos de roubos e furtos de bicicletas registrados por cada um dos 93 distritos policiais da cidade, Pinheiros, na zona oeste, que abrange tanto parte da ciclovia da marginal Pinheiros quanto a região da Vila Madalena, lidera o ranking desses crimes na cidade. Foram 27 ocorrências registradas no primeiro bimestre deste ano. A área do Ceagesp vem logo atrás, com 20 casos contabilizados no período (veja, no quadro abaixo, a relação das dez regiões campeãs de furtos e roubos de bikes na capital paulista).

Roubos de bicicletas mais do que dobram em SP em 2 anos; Pinheiros lidera estatística

Centro expandido ocupa 7 das 10 primeiras colocações

Apenas três distritos policiais localizados fora do chamado centro expandido aparecem no ranking acima.

São eles: o 27º DP (Campo Belo), na zona sul, região do parque Ibirapuera, que aparece na sexta colocação, o 22º DP (São Miguel Paulista), bairro do extremo leste da capital paulista (9º colocado), e o 51º DP (Rio Pequeno), perto do Jaguaré da região da USP, outro ponto crítico de roubos de bicicletas na cidade.

Essa geografia do crime praticado contra ciclistas se diferencia _e muito_ do que ocorre com outros delitos, como roubo, roubo de veículo e até homicídio, que se concentram em bairros periféricos da cidade.

Site do governo permite consulta sobre bibicleta roubada

A Secretaria da Segurança Pública disse por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa que “vem adotando medidas” para diminuir os índices de roubos e furtos de bicicletas em São Paulo.

Leia, abaixo, a íntegra da nota enviada à reportagem:

“A SSP informa que vem adotando medidas no combate aos roubos e furtos de bicicletas. Uma delas foi a criação de um campo para inclusão do número de série de bicicletas nos boletins de ocorrência. Com isso o policial militar consegue, durante o patrulhamento, verificar se as bicicletas em poder de suspeitos foram roubadas ou furtadas. Isso se tornou possível também para o cidadão, desde 25 de janeiro deste ano, através da página da SSP: “Consulta Bicicleta” (http://www.ssp.sp.gov.br/consultabicicleta/), que já teve cerca de 6.300 acessos desde sua criação. Além disso, foi instituído um grupo de trabalho, composto por autoridades e ciclo ativistas, com objetivo de desenvolver estratégias de prevenção. Nesta semana, houve uma reunião desse grupo, em que foi apresentada análise sobre o perfil de roubo a ciclistas, desenvolvido pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da PM, e a pesquisa de vitimização de ciclistas, desenvolvido pelos grupos de ciclo ativistas. Definiu-se que os ciclos ativistas farão campanha de divulgação entre os associados para que registrem as ocorrências de modo a reduzir a subnotificação e possibilitar que a polícia identifique pontos críticos para melhorar o planejamento operacional, bem como campanhas para que registrem o número de série das bicicletas nos boletins de ocorrência e, principalmente, para que não comprem peças e bicicletas de origem duvidosa, denunciando às autoridades a existência de locais irregulares.”

Comentários

comentários

Você também poderá gostar
Passados 4 anos, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias
Quatro anos depois, Alckmin não cumpre promessa de zerar presos em delegacias de SP
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em 0,79% investimento para conter vazamentos
Com lucro recorde, Sabesp aumenta em apenas 0,79% investimento para conter vazamentos
Corrupção motivou 0,19% das prisões no Estado de São Paulo
Corrupção é motivo de 0,19% das prisões no Estado de São Paulo
Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em semáforos desde a sua posse
Gestão Doria diz não ter nenhum dado sobre panes em faróis desde a sua posse