Home > Transparência > USP leva 253 dias para responder pedido de informação

USP leva 253 dias para responder pedido de informação

A USP – Universidade de São Paulo – demora, em média, 253 dias para responder a um pedido por meio da Lei de Acesso à Informação. O prazo legal máximo para resposta é de 30 dias. A média foi calculada com base em dados de 2012 a 2019 fornecidos ao Fiquem Sabendo pelo governo do Estado de São de Paulo via LAI. Acesse aqui a lista do tempo médio de resposta de cada órgão do Estado de SP.

A universidade recebeu 639 pedidos desde 2012 pelo sistema do governo do Estado. A USP também tem um sistema próprio de acesso a dados. A instituição se recusa há meses a fornecer estatísticas de tempo de atendimento desse outro sistema. pedidos que chegaram a ficar 3 anos sem resposta.

Há 3 meses a universidade, junto da Unesp e da Unicamp, pediu para ser removida do Serviço de Informação ao Cidadão, para que não precise mais se submeter aos órgãos externos de fiscalização. O Fiquem Sabendo noticiou a mudança em junho: “Reitor dará palavra final sobre transparência em universidades paulistas”. O motivo por elas alegado é a autonomia administrativa.

USP É A MAIS LENTA ENTRE AS UNIVERSIDADES

Em comparação com as demais universidades públicas paulistas, a USP é a mais lenta para responder pedidos de informação.

A Unesp atendeu quantidade semelhante de pedidos desde 2012, foram 601 no total, mas os respondeu muito mais rapidamente. O tempo médio de resposta da Unesp é de 13 dias, abaixo do mínimo legal de 20 dias prorrogáveis por mais 10. A universidade também deixou o SIC estadual em agosto e não se submeterá mais aos órgãos de controle da LAI no Estado.

A Unicamp, que recebeu 288 pedidos de informação, tem prazo médio de atendimento de 10 dias. É a mais rápida dentre as 3 universidades estaduais paulistas.

Veja a lista completa de prazo médio de resposta de todos os órgãos públicos do Estado de SP. Os dados são públicos e podem ser consultados aqui, com o protocolo “567561915957”.